segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Dassault-Breguet Mirage III

Em 1960 a Força Aérea da França queria um avião de ataque nuclear tático, por outro lado, numerosos possíveis compradores estrangeiros procuravam um caça-bombardeiro tático capaz de levar cargas convencionais. Para conciliar as duas exigências, a Dassault lançou o Mirage III E. As principais diferenças com o modelo C eram o alongamento de 30 cm da fuselagem a frente das asas, a adição de dois novos cabides e o deslocamento para a frente do trem de pouso, liberando espaço para grandes cargas na fuselagem. o Motor Atar 9B foi substituído pelo 9C que tinha compressor de aço, pós combustor melhorado e um bocal de flaps múltiplos ao invés do simples do 9B.

A França adquiriu 130 aviões, o primeiro dos quais voou em 05 de Abril de 1961 e vinham com um radar Marconi Doppler, mais um radar Cyrano II bis e um sistema de disparo de armas. Além da França, 13 países adquiriram 532 aparelhos fazendo com que o III E seja a versão do Mirage com maior número de exemplares fabricados. No Brasil o Mirage III E era conhecido como Mirage IIIEBR ou F-103 designação dada pela Força Aérea Brasileira e operaram do início da década de 70 (1973) a 2005 quando foram finalmente aposentados.

fotos de jacques Lienard & Chris Lofting

Nenhum comentário:

Postar um comentário