quarta-feira, 1 de maio de 2013

Mikoyan-Gurevich Mig-27

por: Marie Bernarde
         O Mikoyan-Gurevich Mig-27 entrou em serviço na segunda metade da década de 70 , como modelo exclusivo de ataque ao solo, incorporando algumas características desenvolvidas para o caça-bombardeiro Mig-23BN. Seu perfil se destaca pelo nariz que se afina abruptamente para baixo a partir do pára-brisas, proporcionando melhor visão do terreno imediatamente à frente e abaixo. O assento do piloto e a cobertura também foram levantados, para aumentar a visibilidade. As laterais da cabine receberam blindagem para operações em áreas hostis e, a fim de obter máximo desempenho em baixas atitudes, foram introduzidas entradas de ar e bocais dos motores fixos e mais leves.
         O Mig-27 possui um canhão de 23mm com seis canos rotativos podendo transportar 4.000 quilos de bombas. Para travessias longas, o alcance pode ser ampliado por um tanque de combustível montado sob cada painel externo das asas, que nesse caso não ficam enflechadas. Em 1981 foi identificada uma nova versão com pequenas modificações no nariz e pequenas extensões na raiz dos bordos de ataque das asas onde aparentemente estão instalados equipamentos de ECM. Essa variante também pode transportar dois casulos de canhões cujos canos podem ser abaixados para ataque ao solo.
fotos - Peter de Jong & Rob Schleiffert
  

Nenhum comentário:

Postar um comentário