domingo, 1 de novembro de 2009

Fiat ( Aeritalia ) G-91R

Em Dezembro de 1953, a OTAN - Organização do Tratado do Atlântico Norte, pediu a várias fábricas européias um avião de caça leve e de apoio tático, Quatro anos mais tarde, em 1957, eles viram o Fiat G91 em ação: exatamente o que eles haviam pedido, com a vantagem de operar com ou sem cargas externas em pistas de grama semi-preparadas. A versão inicial foi um avião de caça e ataque ao solo G91 monoposto e em 1959 uma versão de reconhecimento de alta velocidade G91/R1 entrou em serviço na Força Aérea Italiana com 3 câmaras Vinten de 70mm. Uma versão conhecida como G91/R3, foi construída sob especificações da Alemanha Ocidental e contava com dois canhões de 30mm.

Este avião foi operado por Angola, Alemanha Ocidental ( na época ), Itália e Portugal, sendo que a Grécia e a Turquia requisitaram 50 aparelhos, mas desistiram da encomenda. 10 Fiat G91/R chegaram a serem avaliados pela Força Aérea Americana, mas esta não fez nenhum pedido. Além destas versões citadas, foram construídas as versões G91/R1A, G91/R1B, G91/R4 e G91T, esta última uma versão biposto de treinamento que foi utilizada durante muitos anos pela Aeronautica Militare Italiana na escola de Vôo Básico e Avançado em Jatos, em Foggia Amendola.

fotos de Mauri Gianfranco & Pedro Ramos

por: Marie Bernarde

Nenhum comentário:

Postar um comentário