sábado, 20 de outubro de 2012

Airbus quer maior presença nos Estados Unidos



Até o ano de 2015 o consorcio europeu EADS espera que a Airbus disponha de 13 voos diarios do A380 no aeroporto internacional de Los Angeles, a través das companhias que utilizam o mayor avião comercial do mundo. Será o equivalente a US$ 9,4 bilhões em atividade económica para o setor turístico, negócios e serviços. São por números assim previstos que a Airbus está anunciando o aumento das suas atividades em território norte-americano. No ano passado o fabricante pagou US$ 12 bilhões aos provedores por elementos e serviços utilizados na linha de fabricação de seus aviões e estes gastos serão duplicados até 2020, ao mesmo tempo em que prepara uma nova instalação de sua sub-sede em Móbile, no território de Alabama. O anúncio foi feito pelo principal executivo da Airbus para a América do Norte, Allan McArtor, acrescentando que o aumento dos gastos será resultado dos US$ 600 milhões que a empresa vai destinar no desenvolvimento de seus aviões A320 para curta e média distância. Pontuou ainda que, mesmo com Los Angeles sendo uma base de talento e inovação, é necessário que a região sul da Califórnia se apresente mais competitiva. Lembrou que o fabricante europeu gasta mais de 40% de suas compras nos Estados Unidos junto à uma extensa base de provedores. McArtor estimou que até o ano 2031, serão 32.550 os aviões que estarão em serviço, mais que o dobro dos 15.550 operados na atualidade.
  • AE
20-10-2012

Nenhum comentário:

Postar um comentário